sexta, 01 de novembro de 2019 - 10:17h
DIAGRO realiza Barreira Fitossanitária Interestadual – Contensão da Mosca da Carambola
A DIAGRO realiza mais uma ação para o controle da Mosca da Carambola no Estado.
Por: Nilton Caio Fernandes
Foto: Equipe DIAGRO
Fotos da fiscalização no aeroporto internacional de Macapá/AP.

A equipe de fiscalização da DIAGRO composta por profissionais de carreira sendo, Auditores Fiscais e Agentes de Fiscalização agropecuarios, tem intensificado os trabalhos nos postos fixos e nas barreiras de fiscalização fitossanitárias no Amapá.
Os trabalhos estão sendo desenvolvidos em áreas de fronteira, portos e especialmente no Aeroporto internacional de Macapá, onde o risco de disseminação da praga para outros estados é iminente, assim a DIAGRO mantem plantonistas fiscalizando 100% dos voos originários de Macapá.
Um trabalho excepcional visando não permitir que frutas hospedeiras da Mosca da Carambola sejam transportadas para demais regiões onde não há registro de presença da praga. Desenvolvendo assim um trabalho de contenção da mosca em território amapaense, contribuindo para que demais regiões brasileiras possam produzir frutas com qualidade livre da mosca.
As apreensões de frutas hospedeiras sendo transportadas por passageiros são efetuadas constantemente no aeroporto de Macapá. Ao serem interceptadas pelos Servidores da Diagro as frutas são apreendidas, doadas a terceiros mediante autorização do passageiro, ou retornadas a origem.
Considerando que Países Europeus e Norte americanos e outros, não exportam frutos de regiões em que a praga esteja presente, a Diagro assume a responsabilidade primordial em não permitir a disseminação da Mosca para os grandes polos da fruticultura brasileira.


Entenda sobre a Mosca da Carambola:


Uma das espécies de moscas-das-frutas de maior importância econômica para a fruticultura mundial. Ataca várias espécies frutíferas tais como: carambola, goiabeira, manga, caju, laranja, acerola, tangerina, Jambo-vermelho, entre outras. A mosca-da-carambola é originária da Indonésia, Malásia e Tailândia, sendo a única espécie do gênero introduzida no continente americano. Foi coletada pela primeira vez na América do Sul em 1975, em Paramaribo, Suriname. Em 1989, foi detectada na Guiana Francesa. Em 1996, foi detectada oficialmente no Brasil, especificamente no município de Oiapoque, Estado do Amapá.[1] https://pt.wikipedia.org/wiki/Bactrocera_carambolae.

IMAGENS RELACIONADAS
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

DIAGRO - Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Amapá
Avenida José Tupinambá, 196 – Laguinho – Macapá/AP - CEP: 68908188 - (96) 8401-0736 - gabinete@diagro.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá