quinta, 14 de junho de 2018 - 08:05h
GEA cria câmara técnica sobre controle de qualidade de produtos alimentícios
Frente formada por órgãos de fiscalização e fomento fará ações educativas com produtores de proteínas, produtos extrativistas e de água mineral.
Por: Júlio Miragaia
Foto: Nathan Zahlouth
Gestores tiveram encontro no Palácio do Setentrião

O Governo do Amapá formou, nessa quarta-feira, 13, durante encontro no Palácio do Setentrião entre os órgãos de fiscalização do estado, uma câmara técnica que tratará de ações coordenadas para controle de qualidade de produtos alimentícios.

A frente de trabalho é formada pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Diagro), Instituto de Defesa do Consumidor (Procon), Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Setec) e Agência de Fomento do Amapá (Afap).

O monitoramento de qualidade será reforçado em proteínas como carnes e peixes; produtos extrativistas, a exemplo de açaí e polpas de fruta; e produção de água mineral. De acordo com o superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia, o objetivo da frente é realizar ações educativas e preventivas com o setor produtivo do estado.

“A meta é a integração dos setores de fiscalização e também de fomento do governo. Essa integração terá um diferencial, pois é uma fiscalização educativa. Estamos criando um mecanismo educativo que possa orientar vários ramos da produtividade para que tenham um produto final com maior qualidade”, destaca Malafaia.

Para o diretor-presidente da Diagro, José Renato Ribeiro, uma atuação conjunta entre os órgãos estaduais tem grande importância para a melhoria da qualidade dos produtos alimentícios que chegam ao consumidor. “Com essa proposta queremos dar segurança ao consumidor e também uma identificação e acompanhamento melhor do processo produtivo. Trabalhar em cima de oficinas, treinamentos, oferecendo boas práticas de produção e de treinamento para que ele passe a agregar essa informação no produto dele”, fala Ribeiro.

O gestor da Diagro também avalia que, com o trabalho que será desenvolvido, ganham o pequeno e o médio empresários, como também o consumidor final, que terá um produto garantido de qualidade. “Com isso, teremos a redução de algumas doenças que muitas vezes são decorrentes do processo alimentar por erro na manipulação dos alimentos”, conclui José Renato Ribeiro.

Na próxima segunda-feira, 18, a câmara terá novo encontro para estabelecer as diretrizes de trabalho que serão desenvolvidas e como cada agente público poderá atuar.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

DIAGRO - Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Amapá
Avenida Padre Júlio Maria Lombaerd,n° 2925, Bairro Santa Rita – Macapá/AP - CEP 68901-283 - (96) 8401-0736 - gabinete@diagro.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2020 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá